domingo, 31 de julho de 2011

Gud aidía Google

Eis o anúncio para uso do sistema de busca por voz para celular do Google. E como ficam os leitores que não conseguiram captar o real título desta postagem e da frase do cartaz? Tá bom, eu dou as respostas: o título é Good Idea Google; e a frase do cartaz é gallery opening times (tudo fica óbvio quando se tem as respostas, não?).

sábado, 30 de julho de 2011

Se eu fosse miss, este seria o meu livro de cabeceira

Desde o auge dos concursos de misses, o clássico infantojuvenil francês "O Pequeno Príncipe" é um dos mais citados. Mas agora a história de Saint-Exupéry ganha um concorrente: Watching the English.
Quem me indicou este livro foi o tio Ivênio, pai da "amiga-irmã" Mônica Carvalho Rossner. Portanto eu ainda estava no Brasil quando tomei conhecimento da obra. E nada mais apropriado do que me deliciar com ela estando em Londres.
De uma forma extremamente cativante, the social anthropologist Kate Fox, aborda os mais diversos aspectos do comportamento inglês, tais como: The Weather, Humour Rules, Pub-Talk, Home Rules, Work to Rule, Dress Codes, Rules of Sex, e por ai vai.
Que "Pequeno Príncipe" que nada. Se eu fosse miss, com certeza indicaria este como meu (atual) livro de cabeceira. E respondendo aos jurados a razão para a escolha eu diria: "Watching the English cumpre maravilhosamente bem sua função social de dissecar a cultura inglesa".
Depois dessa resposta eu não precisaria nem desfilar de biquini para ganhar o concurso.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Show do genial Keith Jarrett's trio

Over the past 40 years, Keith Jarrett has come to be recognised as one of the most creative and uncompromising musicians of our time - universally acclaimed as an improviser of unsurpassed genius; a master of jazz piano; a classical pianist of great depth, and as a composer who has written hundreds of pieces for his various jazz groups, plus extended works for orchestra, soloist and chamber ensemble.

Gary Peacock served as an inspiration for several generations of jazz bass players, not content with the traditional bassist's role of simple time-keeping and harmonic accompaniment. His ability to bring melodic and rhythmic freedom into any musical setting has been his trademark for 45 years in jazz.

Jack DeJohnette is one of the finest drummers in jazz. His approach to the drums is that of a complete musician, exploring the varied colours and timbres of his varied percussion instruments, rather than simple time-keeping.

Fiquei louca quando soube que Keith Jarrett se apresentaria no Royal Festival Hall. Que versatilidade, que técnica, quanta entrega. Ele é a prova viva de que menos é mais. Foi lindo poder ter visto este gênio em ação. Por conta de tanta beleza e verdade, o trio foi ovacionado por uma platéia em êxtase, que só "arredou o pé" do magnífico teatro após o quarto bis.
P.S.: fotos e videos foram expressamente proibidos durante o show. As imagens da sala de espetáculo foram tiradas antes do início da apresentação (e podem ter certeza de que nenhum lugar ficou vazio).

quarta-feira, 27 de julho de 2011

One year to go

The Yeoman Warders' tours

Uma das melhores coisas da Tower of London é The Yeoman Warders' tour. Aos que acham que para ser um dos 35 guias espalhados pela torre basta ter cara de Papai Noel e/ou de Mamãe Noel - já que há uma mulher no grupo - e botar a fantasia, ledo engano.
Para ter direito a ser um Yeoman Warder e portanto poder cativar os ouvintes com contos que falam sobre as dores, paixões, traições e torturas que aconteceram na Tower, estes guias tiveram que dar muito duro na vida.

Todos têm que ter servido nas Forças Armadas por pelo 22 anos (o contingente atual de guardas serviu na Guerra das Malvinas, Bósnia e Afeganistão, por exemplo). Além disso, os Yeoman Warders foram agraciados por tempo de serviço e ganharam medalhas por bom comportamento.
Precisa mais? Então vamos lá: todos tiveram que se candidatar às vagas disponíveis (com direito a salário) e moram na Tower of London com suas famílias, pagando impostos e aluguel. Mas o mais incrível disso tudo é sentir o orgulho destes guardas em relação ao seu trabalho e à história do seu país.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Oslove

Evil must not triumph in Oslo (or anywhere else in this world).

segunda-feira, 25 de julho de 2011

A melhor lasagna dos últimos 39 anos

É possível encontrar La Bottega - The Italian Delicatessen em vários bairros (Graças a Deus) de Londres: Belgravia, Chelsea, Ryder Street e em South Kensington.

Ou seja: oportunidade para comer a melhor lasagna da minha vida é o que não falta. Eu fui a 97, Old Brompton Road, e confesso que pedi o prato sem grandes pretensões.

Mas após as primeiras garfadas percebi que, além de leve e saborosa, seu diferencial estava no queijo com o qual é feita. Imbatível. Meu reino por grana padano fresco di grattugia.

domingo, 24 de julho de 2011

Amy Winehouse (1983 - 2011)





Pai, isso é que é presente de aniversário


video


O que poderia ser melhor para o meu pai, no dia do seu aniversário, do que ter a Liza Minnelli cantando Maybe This Time exclusivamente para ele, com direito a todos os "repetecos" desejáveis?


Parabéns pai, e espero que você se deleite com a voz da Liza, já que a imagem deixa a desejar pelo fato deu ter sentado bem longe do palco do Royal Albert Hall (mas o que vale é a intenção de te presentear nesta data tão especial).

sábado, 23 de julho de 2011

Menos Nadal, bem menos

Olhando de longe parecia ser mais um rostinho bonito fazendo pose para a nova campanha do Armani Jeans.

Ao me aproximar vi que era o Rafael Nadal, incrível tenista que atualmente é o nº 2 no ranking da ATP. Só que fazer tipo como "mamãe eu tô fortinho" não combina com ele.

É por isso que eu sempre digo: quem nasceu para ser Nadal nunca chegará a ser um Federer nos quesitos "charme" e "elegância" - tanto dentro como fora das quadras.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Life In A Day (com suas dores e delícias)

Documentar um dia na Terra visto pelas lentes de pessoas do mundo todo. Foi este o objetivo da parceria entre YouTube, Ridley Scott Associates e LG eletronics.
Este projeto foi anunciado no dia 06/07/10, e o briefing foi o seguinte: que as pessoas enviassem videos de suas vidas no dia 24/07.
O documentário de 94 minutos e 57 segundos inclui cenas de 4.500 horas de filmagem enviadas por cidadãos de 140 nações.
Que me desculpe o Ridley Scott, mas anunciar o filme como an hour and a half of happiness é falso marketing.
Mas são os momentos difíceis que valem a pena, já que vários deles são surpreendentes (just as life in a day can be).

quinta-feira, 21 de julho de 2011

De um lado o Murdoch's scandal. De outro, a fome na Somália

De um lado temos o escândalo envolvendo Rupert Murdoch's global media empire em phone-hacking. De outro, o que realmente interessa: a pior crise de segurança alimentar dos últimos 20 anos na Somália.
Hoje os Estados Unidos suspenderam as sanções para permitir ajuda de emergência às pessoas que estão morrendo de fome nas áreas controladas por um grupo ligado à al-Qaeda. Mas a Agência para Desenvolvimento Internacional disse que a ajuda será suspensa caso os militantes do grupo al-Shabab tentem interferir na operação.
Os Estados Unidos consideram al-Shabab um grupo terrorista e em 2010 pararam de ajudar as áreas controladas por ele, que por sua vez proibiu trabalhadores de ajuda humanitária internacional nos seus territórios. Mas agora o acesso está sendo permitido.
É uma situação absurda atrás da outra, e enquanto isso as 10 milhões de pessoas afetadas fazem o quê para sobreviver? Já o Sr. Murdoch está de volta ao seu confortável apartamento em Nova York, e aparece todo sorridente ao lado da sua esposa em uma foto, só esperando para ver no que vai dar o escândalo envolvendo seu império. Que mundo é esse?

quarta-feira, 20 de julho de 2011

British Airways e os Jogos Olímpicos de 2012







Faltam 373 dias para o início dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre 27/07 e 12/08. E na qualidade de Official Partner do evento, a British Airways lançou a linda campanha publicitária They Will Fly.
Tomara que tanto a companhia aérea quanto os atletas britânicos acabem voando cada vez mais rápido para atingir seus objetivos e estabelecer novos records.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Potter, obrigada pelos 10 anos que estivemos juntos

O processo de adeus ao Harry Potter começou por volta das 15h, quando peguei o metrô rumo à Leicester Square (o capítulo final da série merecia ser visto no Odeon, aonde acontecem as famosas pré-estréias em Londres).

Meu ticket para às 17h15 havia sido adquirido no domingo. E após ter feito baldeação em Piccadilly Circus para a Bakerloo Line, cheguei em Charing Cross. Uma caminhada de nível leve separa esta estação do cinema.

De posse dos meus óculos 3D comprados junto com o bilhete, sentei no lugar marcado. Mas antes de começar o filme fui ao banheiro para registrar este momento "Zé Bonitinho". E após meia hora de trailers, me entreguei à mágia de Harry Potter por exatas duas horas.

Minha consciência me autorizou a contar somente duas coisas: há beijos na boca e o Potter tem que matar a cobra e mostrar o pau. Só posso dizer que foi muito bom enquanto durou, e espero encontrar o Harry um dia destes na estação de King's Cross St. Pancras.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Glamour Of The Gods (imperdível)

Glamour of the Gods is an exhibition at the National Portrait Gallery that celebrates Holywood portraiture from the industry's "Golden Age", the period 1920 to 1960 (acima, Clark Gable e Joan Crawford no filme Dancing Lady, de 1933, fotografados por George Hurrell).

From Greta Garbo and Cary Grant to Audrey Hepburn and James Dean, it is these portraits that transformed actors and actresses into international style icons (que homem na face da Terra não iria querer dormir com a Gilda - personagem do filme de 1946 - e acordar com a deslumbrante Rita Hayworth, "clicada" por Robert Coburn?).

In many cases these are the career-defining images of Holywood's greatest names and help to illustrate their enduring appeal (gente, depois de ver esta foto de 1934 do Gary Cooper, by Clarence Sinclair Bull, eu estou repensando se o George Clooney é realmente o homem mais lindo do mundo).

Featuring over 70 photographs, most of which are exquisite vintage prints displayed for the first time, the exhibition is drawn from the extraordinary archive of the John Kobal Foundation (Marilyn Monroe, assim não vale. Você é sexy até sentada no chão retocando a maquiagem, como mostra este flagra de Ernest Bachrach, em pleno ano de 1952).

Glamour of the Gods demonstrate photography's decisive role in creating and marketing the stars central to the Hollywood mystique (e aqui a minha foto preferida: Greta Garbo e John Gilbert no filme Flesh and The Devil, de 1926, by Bertram "Budd" Longworth. Eles tiveram um caso fora das telas e transmitiram esta paixão nos filmes que fizeram juntos. Que lindo isso).

domingo, 17 de julho de 2011

E a Itália, como é que fica?

"Thais, até agora você já viajou para: Holanda, Escócia, Irlanda, Bélgica, Luxemburgo, Portugal, República Tcheca, França e Espanha. E a Itália, terra dos teus antepassados, como é que fica? Você não irá para lá?"

Bem, em 2003 eu "mochilei" pela Itália durante 25 dias, com um roteiro que abrangeu: Milão, Turim, Trento, Verona, Bergamo, Veneza, Bologna, Pisa, Firenze, Assis, Siena, Rossano Calabro e Roma. Então agora minha intenção é desbravar novos horizontes.

Mas vale destacar um dos pontos altos da peregrinação italiana, que foi ter recebido da Ufficiale dello Stato Civile Elvira Michelina Scorza, em um cartório de Rossano - luogo di nascita del mio bisnonno Giacomo Curia -, os documentos que faltavam para dar entrada no meu processo de cidadania italiana.
Aproveito para fazer um agradecimento especial à minha mãe, que além de mentora desta postagem foi quem selecionou, "escaneou" e enviou por e-mail as imagens nas quais eu apareço (e quanto ao Robert De Niro em versão calabresa da foto, não me lembro quem é).

sábado, 16 de julho de 2011

A decepcionante Plataforma 9 3/4

Hoje acordei com uma vontade enorme de ir até Hogwarts para passar o sábado com o Harry (Potter), Rony (Weasley) e com a Hermione (Granger). Então fui até a estação de King's Cross St. Pancras, onde tudo começou.
Foi lá que a JK Rowling teve o insight para escrever este enredo, e é de lá que partem os trens para a "Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts". Estava tão empolgada para conhecer este marco histórico que me arrumei toda, passei batom e fui.
Cheguei em King's Cross e pedi indicação para chegar à Plataforma 9 3/4, mas quando consegui encontrá-la o último carrinho estava atravessando a parede, então não pude ir para Hogwarts.
Mas o que mais me decepcionou não foi o dia chuvoso em Londres nem o fato deu não ter conseguido me encontrar com o Harry. Fiquei arrasada com a horrível reprodução da Plataforma 9 3/4. Não faz jus à estória e é super insignificante. Dá até para ver o remendo dos papéis na parede.
"Meu mundo caiu", só posso dizer isso. E ai, como o corpo fala, veio o sono. Há pessoas que quando desiludidas comem, outras bebem. Para fugir da realidade eu fico com um sono incontrolável. Então irei dormir para esquecer esta decepção. Hoje eu não quero mais brincar.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Barça, és el moment de dir adéu















Em va encantar als quatre dies que vam estar junts. La seva energia és contagiosa. Gràcies per haver-me presentat a la multitud de persones que passen pel diari La Rambla.
Conèixer l'arquitectura de l'ésser estimat i vam tenir el plaer de ser presentat a Gaudí. Per no parlar dels seus cinc quilometres de platja, i el català (una llengua molt difícil d'entendre, com ho demonstra aquest post).
Però é hora de tornar a Londres. Un petó enorme i estar amb Déu, Thais

Depois de Gaudí e Picasso, chegou a vez de Miró

A Fundació Joan Miró é um dos mais significativos museus de arte moderna da Espanha, com mostras temporárias e permanentes, e foi inaugurado no anos 70 em homenagem a um dos grandes artistas catalães do século XX.
Já que o blog é de minha autoria, deixarei registrada aqui minha opinião sincera a respeito do Miró: não faz meu estilo, seu Surrealismo é surreal demais para mim (gosto mesmo é do Cubismo do Picasso). Mas gênio é gênio, e já que eu estava em Barcelona, quis aprender mais a respeito da sua obra.
E sabem do que mais gostei? De duas coisas: o filme que fala sobre a bela carreira do Miró, e do fato dele me lembrar o Paulo Autran, um dos grandes atores brasileiros de todos os tempos. Dois gênios das artes do século XX.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

A Sagrada Família (e o sagrado Gaudí)

Temple Expiatori de la Sagrada Familia é o trabalho mais importante e conhecido de Gaudí. Sua construção teve início em 1882 e está prevista para terminar em 2084. É sem dúvida o símbolo de Barcelona.

Existem oito torres (todas com mais de 100 metros) de um projeto de 18. Simbolizam os 12 apóstolos, os quatro evangelistas (Mateus, Lucas, Marcos e João) e a mãe de Deus. A décima oitava e mais alta (170 metros) representaria Jesus.

Uma das torres é aberta à visitação, de onde, ao longo de 400 degraus de uma íngreme subida (mas há elevador), se aprecia a vista interna da "Sagrada Família", as ruas de Barcelona e o mar no horizonte.

Infelizmente hoje o dia estava chuvoso e com vento, e a tal torre estava fechada para visitação. Mas consegui apreciar o suficiente para eleger esta a basílica mais linda que já vi na vida (e olha que sou a rainha das igrejas, catedrais, basílicas e afins).

Conta-se que em 1915 começaram a faltar fundos e Gaudí renunciou o seu salário e se lançou ao trabalho dentro do templo até sua morte, em 1926 (e eu fiquei muito feliz em poder contribuir com um tijolinho desse maravilhoso projeto).

A fachada La Natividade é a única concluída sob a presença de Gaudí. Além dela, merecem destaque os mosaicos das oito torres e a cripta, onde um pequeno museu mostra as fases de construção do templo.

Gaudí, sagrada nao é só ésta basílica, mas a tua alma. Como não podemos entender os desígnos de Deus, temos apenas que aceitar tua morte de uma forma tão inesperada (atropelado por um bonde) e apreciar tua obra. Hoje e sempre.